Please reload

Posts Recentes

FIESP e CIESP apresentam propostas ao Governo para apoiar as micro, pequenas e médias indústrias durante a crise

April 2, 2020

1/5
Please reload

Posts Em Destaque

MP 932/2020 reduz em 50% as contribuições ao Sistema S por três meses

April 3, 2020

 

Na noite da última terça-feira, 31/03, o governo publicou em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), a Medida Provisória 932/2020, que reduz por três meses as contribuições que são recolhidas pelas empresas para financiar o "Sistema S". A medida anunciada faz parte do pacote emergencial de ações para atenuar os impactos da pandemia do novo coronavírus na economia do país. O corte dos valores repassados às entidades começa a valer a partir do dia 1º de abril e vai até o dia 30 de junho.

 

De acordo com o diretor titular do CIESP Sorocaba, Erly Domingues de Syllos, o objetivo dessa medida é diminuir os custos para o empregador afim de evitar demissões. “Este corte havia sido anunciado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, no dia 16 de março. É uma maneira de desonerar a folha de pagamentos das empresas para a manutenção do emprego durante a crise. A estimativa é que as empresas deixem de contribuir com R$ 2,2 bilhões no período de 3 meses”, explica Syllos.

 

As alíquotas das contribuições aos serviços sociais autônomos caem a 1,25% Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (SESCOOP); a 0,75% para o Serviço Social da Indústria (SESI), Serviço Social do Comércio (SESC)  e Serviço Social do Transporte (SEST); a 0,50% para o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT).

 

No caso do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), as alíquotas caem para 1,25% da contribuição incidente sobre a folha de pagamento, 0,125% sobre a receita da comercialização da produção rural devida pelo produtor rural pessoa jurídica e pela agroindústria; e 0,10% sobre a  receita da comercialização da produção rural devida pelo produtor rural pessoal física e segurado especial.

 

Retribuição

Além da redução do repasse das contribuições, a MP 932 estabelece que durante os próximos três meses as entidades do Sistema S terão que destinar à Receita Federal o dobro do valor até então previsto na Lei 11.457/07, passando de 3,5% para 7% do valor arrecadado.

 

Sebrae

As alíquotas de contribuição do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) permanecem inalteradas. No entanto, o texto prevê que mínimo 50% do valor adicional recebido para execução das políticas de apoio às micro e pequenas empresas seja repassado ao Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe).

 

“O Fampe fornece garantias a empréstimos bancários tomados por pequenos empreendedores, permitindo um aumento nas operações de microcrédito com taxas mais baixas, maior prazo e melhor período de carência. A operação de socorro deve começar com R$ 1 bilhão em garantias”, destaca Syllos.

 

A medida provisória segue para votação pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal.

 

Sistema S

O Sistema S indica um conjunto de entidades privadas vinculadas ao sistema sindical patronal responsável por aplicar recursos na formação profissional e na prestação de serviços sociais aos trabalhadores. As entidades são mantidas pelas contribuições, pagas compulsoriamente pelos empregadores, que incidem sobre a folha de salários com alíquotas variadas.

 

Os recursos derivados da retribuição do Sistema S são depositados no Fundo Especial de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento das Atividades de Fiscalização (Fundaf), destinado a financiar o reaparelhamento e reequipamento da Receita Federal.

 

Sobre o CIESP

 

O Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP) é uma entidade civil sem fins lucrativos que reúne indústrias e empresas parceiras contribuintes que atendem o segmento industrial. Com cerca de 10 mil empresas associadas e uma sede central na Avenida Paulista, na capital do Estado, a entidade possui 42 Diretorias Regionais, formando uma sólida estrutura a serviço dos interesses do setor.

 

A Regional Sorocaba, que em 2020 comemora 70 anos, foi fundada por um grupo de industriais com o objetivo de trabalhar pelo fortalecimento da indústria regional. Tornou-se um agente de articulação política, contribuindo para a atração de novos investimentos para a região, além de prestar serviços, fomentar a geração de negócios e desenvolver estudos e pesquisas.

 

A entidade oferece assessoria nas áreas jurídico-consultiva e técnica, econômica, de comércio exterior, infraestrutura, tecnologia industrial, responsabilidade social, desenvolvimento sustentável (meio ambiente), salas de crédito, rodadas e eventos de negócios, além de diversos convênios e um posto de atendimento do BNDES, realizando também a emissão de Certificado de Origem e Certificação Digital.

 

A área de atuação da Regional Sorocaba envolve 48 municípios e está dividida em cinco sub-regionais: Apiaí, Itapetininga, Itapeva, Piedade e Tatuí.  A sede do CIESP fica na Avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, 3260, Alto da Boa Vista. Outras informações pelo telefone (15) 4009-2900 ou pelo site www.ciespsorocaba.com.br.

 

Informações para a imprensa:
Vergili Press Office Comunicação Integrada
Carla Acquaviva | carla@vpocomunicacao.com.br (15) 99760.4004
Sandra Vergili | sandra@vpocomunicacao.com.br / (15) 99773.8572

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Siga-nos nas Redes Sociais!

 ® Vergili Press Office 2017. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Os Marketeiros